História


a História é o estudo do homem no Tempo

Marc Bloch, *1886 +1944

História por João Marquezini

(…) meus estudos buscam explicar relações e práticas sociais que possibilitem a compreensão da vida em um sistema que priorize o que há de melhor na humanidade, em harmonia com o ecossistema de sustentação de vida do nosso planeta.

Esses foram meus últimos pensamentos em forma de ensaio literário com base no pensamento histórico e construção da identidade brasileira. O processo didático, utópico e lúdico se dá sob perspectiva da tentativa da descentralização cultural europeia na construção do ideal de Ser Humano. Assim cada ensaio trás reflexões de diversas esferas do conhecimento e da existência.
A História por si só já se trata multiplicar, não há forma empírica de afirmar qualquer coisa quando existe o fator humanidade como x da questão. A Ciência contemporaneamente é lenta pois evita considerar o fator humano, sendo a utopia máxima, presumir que totalmente ausente é ideal. Falha pois ensinar crianças assim não lhe permite pensar o inverso: Nós, Seres Humanos, interferimos e moldamos o Universo a nossa vontade coletiva. Neste ponto do pensamento passo a buscar pelo que já se chama de Memoria Genética e Espirito da História.
Uso e reconhecimento todo o potencia e certeza da atual Academia. Porém meus métodos e modelos teóricos são fundamentados pelos princípios da Antiga Arte. Um modo de fazer ciência ancestral, sem os vícios da corrupção humana pela evolução tecnológica que sofremos desde o Seculo XV. A Globalização ainda está a pleno vapor, sendo as revoluções mais atuais quase que puramente virtuais. Beirando o paradigma da Inteligencia Artificial. E Astrônomos ainda batizam astros com nomes de Deuses. São os ciclos da vida, o aprimoramento. Mais dia, menos dia, um grande acadêmico há de formar essa nova escola.
Apenas vivo e tento me expressar e socializar o meu saber.

Marã
Marã. Caneta hidrográfica sobre papel. 279x105mm

Marã: Mal, doença, dúvida, trabalho e aflição

Evidências arqueológicas revelam que os povos que formavam o Império Ashkāniān, atual Irã e partes do Iraque, Síria, Turquia, Afeganistão e Paquistão, entre 247 a.C. a 224 d.C., dominavam técnicas para eletrogalvanização de Ouro em peças de Prata. Os 3 jarros de terracota com partes em cobre, ferro e betume, foram encontrados em 1934 e …

Informação local extra oficial, considerando as ações de contenção do Covid-19 pelo Governo de São Paulo

Considerando as medidas adotadas pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio do Decreto Estadual 64.864, de 17 de Março de 2020 https://www.al.sp.gov.br/repositorio/legislacao/decreto/2020/decreto-64864-16.03.2020.html, e considerando que o controle de trânsito dos animais é um Serviço Essencial, informo que o endereço eletrônico de contato oficial com a Unidade de Defesa Agropecuária de Itapira é: marquezini@cda.sp.gov.br

Identidade visual da CDA/SAA/SP a partir de 1998.

A construção de um sistema de Defesa sanitária e epidemiológica em São Paulo

Na Constituição do Estado de São Paulo, publicada em 5 de Outubro de 1989, o Capítulo III é dedicado a Políticas Públicas dos setores Agrícolas, Agrárias e Fundiárias. O Artigo 184 prevê ao Estado, em cooperação dos Municípios, no Item V – Manter um sistema de defesa sanitária animal e vegetal; VI – Criar sistema …

Carregando…

Ocorreu um erro. Atualize a página e/ou tente novamente.


Projetos


Poranduba / Notícias

Navegue pelas categorias:

“Navegar é preciso, viver não é preciso”
Sabedoria popular dos mares